[Emocionante] Bebê salvo pela mãe que interrompeu quimio completa 1 ano em Araraquara

Arthur nasceu com seis meses de gestação no dia 14 de abril de 2014.
Mãe morreu após abandonar o tratamento de câncer para salvar o filho.

Padovani com o filho Arthur que completa 1 ano em Araraquara (Foto: Marcos Leandro/Tribuna Araraquara)
Padovani com o filho Arthur que completa 1 ano em Araraquara (Foto: Marcos Leandro/Tribuna Araraquara)

“No último ano aprendi sobre amor, luta e solidariedade”. É assim que Felipe Cabrera Padovani, pai de Arthur Cabrera, descreve os 12 meses de convívio com o filho que completa 1 ano de vida nesta terça-feira (14) em Araraquara (SP).

A mãe, Patrícia Alves Cabrera, abandonou o tratamento de um câncer para salvar o menino, que nasceu de seis meses. Uma semana após o parto, no entanto, ela não resistiu à doença e morreu. Amigos e familiares organizaram uma campanha para ajudar a família que não tinha condições de arcar com as despesas médicas da criança que ficou 99 dias internada no Hospital São Paulo.

(mais…)

Compartilhe no Facebook

Digite seu endereço de e-mail e fique informado gratuitamente e clique em ENVIAR:






Cientista de Brasília cria sensor que acha câncer antes de sintoma surgir

Priscila Kosaka desenvolve projeto há seis anos em laboratório espanhol.
Técnica é 10 milhões de vezes mais sensível do que as atuais disponíveis.

A cientista brasiliense Priscila Kosaka, que desenvolveu uma técnica menos invasiva para detecção de câncer (Foto: Priscila Kosaka/Arquivo Pessoal)
A cientista brasiliense Priscila Kosaka, que desenvolveu uma técnica menos invasiva para detecção de câncer (Foto: Priscila Kosaka/Arquivo Pessoal)

Membro do Instituto de Microelectrónica de Madrid há seis anos, a cientista brasiliense Priscila Kosaka, de 35 anos, desenvolveu uma técnica para detecção de câncer que dispensa biópsias e que consegue identificar a doença antes mesmo do aparecimento dos sintomas. O resultado vem do uso de um nanosensor com sensibilidade 10 mihões de vezes maior que a dos métodos dos exames tradicionais em amostras de sangue dos pacientes. A previsão é de que ele esteja no mercado em até dez anos e também seja utilizado no combate a hepatites e Alzheimer.

(mais…)

Saiba mais sobre o linfoma – Movimento contra o Linfoma

A ABRALE (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), junto com vários atores solidários, criou o movimento contra o linfoma.

o que é linfoma?
Essa forma de câncer se origina nos linfonodos do sistema linfático, que inclui principalmente os gânglios linfáticos, baço e amígdalas.

Assista o vídeo:

 

Os gânglios linfáticos armazenam linfócitos, que são um tipo de glóbulo branco, responsável por combater infecções. A doença surge quando um linfócito se transforma em célula maligna e, de forma descontrolada, começa a crescer e se disseminar. Há dois tipos de linfócitos, chamados de linfócitos B (ou células B) e linfócitos T (ou células T).

O linfoma de Hodgkin foi assim chamado devido à descrição feita por Thomas Hodgkin, em 1832. Quarenta anos mais tarde, um novo conceito de linfoma de Hodgkin foi proposto por Virchow, Cohnheim e Billroth, três proeminentes médicos do final do século 19. A enfermidade foi chamada de Doença de Hodgkin por aproximadamente 170 anos, quando foi então oficialmente alterada para linfoma de Hodgkin, após evidências suficientes que indicava a origem do câncer a partir do linfócito.

Saiba mais, acesse o site da ABRALE: http://www.abrale.org.br

Página 31 de 392« Primeira...1020...2930313233...405060...Última »