O que é o câncer de próstata? – Série sobre os tipos de câncer

O QUE É O CÂNCER DE PRÓSTATA

Para entender o câncer de próstata, vamos conhecer a próstata e estruturas vizinhas no corpo.
Alguns fatos sobre a próstata:

  • A próstata é uma glândula encontrada apenas em homens. Ela fica abaixo da bexiga urinária e na frente do reto.
  • O tamanho da próstata muda com a idade. Ela cresce rapidamente durante a puberdade, impulsionado pelo aumento dos hormônios masculinos (chamados andrógenos) no corpo, tais como a testosterona e diidrotestosterona (DHT).
  • A próstata geralmente permanece aproximadamente o mesmo tamanho ou cresce lentamente nos adultos, enquanto os hormônios masculinos estão presentes. Em homens mais jovens, é aproximadamente do tamanho de uma noz, mas pode ser muito maior em homens mais velhos.
  • O trabalho da próstata é fazer alguns dos fluídos que protegem e nutrem as células espermáticas no sêmen, tornando o sêmen mais líquido.

Atrás da próstata existem glândulas chamadas de vesículas seminais que formam a maior parte do fluído para o sêmen. A uretra, que é o tubo que transporta a urina e sêmen para fora do corpo através do pénis, atravessa o centro da próstata.

próstata

A HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA (HPB):

A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) – A parte interna da próstata (ao redor da uretra), muitas vezes continua crescendo à medida que os homens envelhecem, o que pode levar a uma condição comum chamada hiperplasia prostática benigna (HPB). Na HPB, o tecido da próstata pode fazer pressão sobre a uretra, causando dificuldade para urinar. Essa condição (HPB) não é câncer e não se transforma em câncer, mas pode ser um problema sério para alguns homens. Se essa condição exigir tratamento, os medicamentos podem ser utilizados para reduzir o tamanho da próstata ou relaxar os músculos dela, o que geralmente contribui para a saída e fluxo da urina. Se os medicamentos não forem úteis, pode ser necessário algum tipo de cirurgia, como a ressecção transuretral da próstata (RTU).

O CÂNCER DE PRÓSTATA:

Vários tipos de células são encontradas na próstata, mas quase todos os cânceres de próstata se desenvolvem a partir das células glandulares (células que formam o fluído prostático que é adicionado ao sêmen). O termo médico para um câncer que começa nas células da glândula é ADENOCARCINOMA.

Outros tipos de câncer também podem começar na glândula da próstata, incluindo:

  • Sarcomas;
  • Carcinomas de células pequenas;
  • Os tumores neuroendócrinos (exceto carcinomas de pequenas células);
  • Carcinomas de células transicionais.

Esses outros tipos de câncer de próstata são tão raros que se você tiver câncer, é quase certo de que seja um adenocarcinoma (de acordo com a American Cancer Society – Sociedade Americana do Câncer). O restante desse artigo refere-se apenas ao ADENOCARCINOMA DE PRÓSTATA.

Alguns cânceres de próstata podem crescer e se espalhar rapidamente, mas a maioria cresce lentamente. De fato, estudos da autópsia mostram que muitos homens mais velhos (e mesmo alguns homens mais jovens) que morreram de outras causas, também tiveram câncer de próstata que nunca os afetou durante suas vidas. Em muitos casos, nem eles nem seus médicos sequer sabiam que eles tinham.

Possíveis condições pré-cancerosas da próstata:
Algumas pesquisas sugerem que o câncer de próstata comece como uma condição pré-cancerosa, embora ainda não se saiba ao certo.

NEOPLASIA INTRAEPITELIAL PROSTÁTICA (PIN):

Nesta condição, há alterações na forma como as células da glândula prostática são vistas sob o microscópio, pois as células anormais não parecem se desenvolver com as células cancerosas. Baseado em como os padrões das células anormais se parecem, elas são classificadas em:

  • PIN de baixo grau: os padrões de células da próstata aparecem quase normal
  • PIN de alto grau: o padrão de célula prostática não é normal.

A NEOPLASIA INTRAEPITELIAL PROSTÁTICA começa a aparecer na próstata de alguns homens jovens (em torno dos 20 anos de idade). Quase metade dos homens tem neoplasia intraepitelial prostática quando chegam aos 50 anos. Muitos homens começam a desenvolver neoplasia intraepitelial prostática de baixo grau em uma idade precoce, mas não necessariamente desenvolvem câncer de próstata. A relação da neoplasia intraepitelial prostática de baixo grau e o câncer de próstata ainda é incerta. Se a constatação dessa condição for relatada em uma biópsia da próstata, o acompanhamento do paciente geralmente o mesmo como se nada de anormal tivesse sido diagnosticado.

Se for diagnosticado a NEOPLASIA INTRAEPITELIAL PROSTÁTICA DE ALTO grau em biópsia da próstata, existe cerca de 20% de chance de que o paciente desenvolva câncer em outra área da próstata. Por isso os médicos muitas vezes acompanham os pacientes com condição de neoplasia intraepitelial prostática de alto grau com cuidado e podem aconselhálos a ter uma repetição da biópsia da próstata, especialmente se na biópsia inicial não foram colhidas amostras de todas as partes da próstata.

ATROFIA INFLAMATÓRIA PROLIFERATIVA

Essa é uma outra condição que pode ser achada em biópsia da próstata. Neste caso, as células da próstata parecem menores que o normal, e não há sinais de inflamação na área. A atrofia inflamatória proliferativa não é câncer, mas os pesquisadores acreditam que às vezes, essa condição pode levar à neoplasia intraepitelial prostática de alto grau, ou talvez diretamente ao câncer de próstata.

Compartilhe no Facebook

Digite seu endereço de e-mail e fique informado gratuitamente e clique em ENVIAR:






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *