Diagnóstico do câncer de mama – Série sobre os tipos de câncer

DIAGNÓSTICO DO CÂNCER DE MAMA

DIAGNÓSTICO DO CÂNCER DE MAMA

O diagnóstico é estabelecido mediante biópsia da área suspeita analisada por patologista e confirmado como câncer mediante o laudo.

A realização da biópsia ocorre mediante alguma alteração suspeita, seja no exame físico ou na mamografia.
Quando alterações são encontradas no exame clínico, exames como mamografia ou ultrassom das mamas são solicitados.

MAMOGRAFIA

A mamografia deve ser realizada por todas as mulheres a partir dos 40 anos de idade. Pois algumas alterações não são detectáveis em exames clínicos de palpação, por isso a necessidade dos exames de imagem.
Não há idade limite para a realização da mamografia.

Se você é jovem e teve histórico familiar de câncer de mama, converse com seu médico para saber sobre como fazer mamografia mesmo que antes dos 40 anos.

ULTRASSOM

O ultrassom serve como complemento para a mamografia e ajuda a diferenciar os cistos de nódulos.

RESSONÂNCIA

É recomendada para populações de alto risco, como pacientes com histórico familiar confirmada ou suspeita. Pacientes com predisposição genética ou pacientes que já tiveram um primeiro câncer de mama.
Em pacientes com risco definido pelo histórico familiar, a mamografia é recomendada a partir dos 30 anos de idade.

Com informações do Instituto Oncoguia.

Compartilhe no Facebook

Digite seu endereço de e-mail e fique informado gratuitamente e clique em ENVIAR:






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *